Total de visualizações de página

sábado, 19 de maio de 2012

Cada Dia Mais Perto....

Quando recebi minha planilha de maio e vi que hoje seriam 16,8K, bateu aquele frio na espinha... Mas era o necessário, uma vez que em junho tem a Meia de Floripa.

Sábado passado foram 14K sofridos, com sol castigando. Imaginei como seriam 17K assim e tremi. Desde ontem venta e chove muito em Salvador, e tinha medo de amanhecer com chuva. E amanheceu ventando muito, fazendo um frio de doer e ameaçando chover. Que lindo!

Nem a tenda o pessoal da Authentic conseguiu montar (já perderam 2 por causa do vento sendo que uma delas foi parar na praia). Que beleza, que começo de treino. Começamos, e logo na saída, veio a chuva, mas dessas cujos pingos doem quando batem em você. Pensei em deixar para outro dia, quem sabe amanhã. Mas "fui indo", indo, e depois ela parou, chuviscou, parou e eu nem lembrava mais dela, ensopado que estava.

A idéia era irmos, eu e Lorena, até Amaralina, voltar (seriam, só aí, 5K) e seguir em frente para fechar a meta. Mas resolvemos ir até o quartel (ida e volta 10K). Sem sol, vendo contrário forte mas agradável, nada de sede ou cansaço. Tudo às mil maravilhas.

Pensei: se eu chegar nos 16 assim, vou até 21, mas vou bonitinho. Passamos pela Authentic com 10K, pegamos o gel, água, e disse a Ulisses que se voltasse nos 17 bem, esticava pra 21, ao que ele respondeu (deu pra ouvi mesmo com os fones): "O que? Não! Pra que isso?", completado por Lorena: "É doido".

E fomos, 12K tudo ok, 14, as pernas reclamaram, os joelhos só faziam o movimento da passada, mais que isso, sentia dor e eles duros. Pensei: "Vai dar 'melda', vou me arrepender disso depois". Eram 120 min. projetados 16,8K. Bateu 15,5K em 120 min. Estava sentindo as pernas, mas com fôlego, vontade e disposição para 17 e 21.

Volta a chover torrencialmente e o tênis parecia uma poça. Nada de tenda, ninguém na base (que não havia), Lorena terminou os 16K dela e começou a andar. Olhei para os lados, quase ninguém correndo, voltei pro ponto de parida e não tinha mais pra onde ir, só se repetisse o trajeto. As pernas reclamaram, e eu resolvi cumprir, como um bom menino, a planilha.

16,5K ! Mas sabe, com a sensação de que poderiam ser 21? Fiquei muito feliz, pela primeira vez, vi que é possível, sim. Como eu adoro frio, como adoro chuvinha fina e o sol dormindo... se Floripa amanhecer assim 17/06, serei uma pessoa extremamente feliz e agradecida. Mas tem que ser frio mesmo, sem sol, dá pra ser?

E vamos em frente, que o dia se aproxima!








Coment·rios
2 Coment·rios

2 comentários:

  1. Ana Paula Goulart19/05/2012 15:55

    Que lindo! fiquei orgulhosa dos dois!!! =) E feliz tb pela alimentação "pré-treino" ter surtido efeito e não causar fadiga precoce!
    Saiba que com sol ou chuva vcs vão arrebentar em Floripa!!!Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, Ana Paula, deu tranquilo, sim!

      E a pós-treino (waffle com mel e iogurte (foi o que se pode arranjar no Fran's), ajudou a não derrubar. Mas não parei, para não dar espaço ao sono. Ele bem que tentou... rsrs

      Esta se ajustando, sim, mas sem sol é bem melhor.... :-)

      Bj,

      Excluir